Itália em Português oferece sugestões de passeios e dicas personalizadas para viagens individuais, casais e pequenos grupos que estejam visitando a Itália

Milão embalada pelas notas de Piano City

Uma vibrante programação com 50 horas de música e 450 concertos, em mais de 250 espaços. Em sua sexta edição, de 19 a 21 de maio, Piano City continua com a tradição de “ocupar” por um fim de semana praças, parques, jardins, teatros, empresas, pátios de prédios e até mesmo apartamentos de Milão com as notas do célebre instrumento musical ao qual rende homenagem. Este ano, na verdade, o evento vai além do perímetro da cidade e o som das teclas do piano vai alcançar outras localidades da província (como Buccinasco,  Corsico, Rho, San Donato, Settimo Milanese, etc.) e até da região (é o caso de Como, Monza, Desio).

A iniciativa inclui espetáculos, lições, tributos a grandes nomes, novas execuções e uma série atividades que oferecem ao público a oportunidade não só de viver uma experiência musical, mas também de explorar Milão e seus arredores, passando de lugares famosos a endereços pouco conhecidos. Para vocês, algumas dicas. 

Chilly Gonzales

Chilly Gonzales

O pianista canadense Chilly Gonzales é a estrela da noite de abertura com entrada gratuita:  o músico – que costuma se exibir vestido de robe de seda (isso mesmo, daqueles que se usam em casa) e calçando pantufas (não, voce não leu errado) – vai ocupar o palco principal posicionado na GAM Galleria d’Arte Moderna – Villa Reale, na sexta (19), a partir das 21h.  Com um trabalho que passeia da música clássica ao rap, sem esquecer da eletrônica, Gonzales já colaborou com artistas como Jarvis Cocker, Peaches, Mocky, Feist. Vencedor de um Grammy Award com i Daft Punk, também entrou no Livro Guinness dos Recordes pelo concerto solo mais longo da história musical (27h, 3 min e 44 seg). O repertório do pianista vai contemplar canções do álbum Piano Solo II apresentadas em PianoVision: uma projeção de vídeo, em tempo real, com imagens que enquadram somente suas mãos e as teclas do piano.

Maratonas musicais e outras curiosidades

atrações

Diversas e para todos os gostos são as atrações imperdíveis dessa 6°edição de Piano City. Por exemplo: quer escutar integralmente as sonatas de Beethoven? Então anote aí: sábado (20), às 12h, na Palazzina Liberty, inicia praticamente uma maratona de 11 horas de música com os alunos do Conservatório de Bergamo.

Para comemorar os oitenta anos de Philip Glass, no domingo (21), na Fondazione Prada, Nicolas Horvath executa, em ordem cronológica, toda a produção para piano do famoso compositor americano: 11 horas “non-stop” em uma viagem que parte das suas das primeiras composições e chega até os dias atuais. 

No mesmo dia, das 16 às 18h, os estudantes da pianista Maria Grazia Bellocchio realizam um concerto dedicado a György Kurtág, dedilhando as teclas do piano do célebre compositor Franz Liszt, no Museo Teatrale alla Scala. 

Diversos ritmos em ação

O sábado é um dia rico de homenagens. Para os amantes do jazz, uma das pedidas é o show dedicado a Thelonious Monk.  No centenário do seu nascimento, foi programado um concerto de Mariano Bellopede, às 14h30, no Giardino Oreste del Buono. O espetáculo   representa uma das etapas do projeto Piano à Porter, uma novidade deste ano:  um veículo Piaggio Porter foi especialmente equipado com um piano vertical para girar oito lugares da cidade e servir de palco para uma série de apresentações de 50 minutos.

E para recordar a Scott Joplin, a cem anos da morte do “Rei do Ragtime”, Marco Fumo lhe presta um tributo no topo da arranha-céu Pirelli, às 22h.

Nem o rock n’roll foi esquecido: canções de David Bowie vão dar o tom na filial do banco Intesa Sanpaolo, na Piazza Cordusio, às 10h. Festejando os 50 anos de lançamento do lendário álbum Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band, dos Beatles, um show vai animar o Parque Trapezio, às 18h30.

_MG_3792

Música on the road

Outras opções de música itinerante enriquecem o calendário de Piano City.  A iniciativa Piano Tandem prevê dois passeios de bicicleta em grupo. Um, do Naviglio della Martesana até o Parque Franca Rame, sabato (20), com partida às 10h30, na via J. Jaurès. O secondo, acontece domingo (21), às 10h30, sai do Centro di Produzione Artistica Mare Culturale Urbano e passa pelo Parco delle Cave e a Cascina Linterno. E tem ainda Piano Bici que, seja sábado que domingo, vai girar os jardins públicos Indro Montanelli parando em diversos pontes do parque.

Projeto especial e show ao amanhecer

A cada ano nascem projetos criados especialmente para o festival. Nessa edição, Michael Nyman assina uma nova versão da obra The Otherwise Very Beautiful Blue Danube Waltzrepensada porém para 50 Toy Pianos (pianos de brinquedo) que serão tocados por crianças, em seis performances previstas para sábado e domingo, às 12, às 16 e às 18h, no Piano Center, em colaboração com Ricordi Music School.

Sempre Nyman protagoniza um outro espetáculo que promete uma emoção singular: o artista se apresenta ao nascer do sol, exatamente às 5:30, no palco ao ar livre do Teatro Burri, no Parco Sempione, entre o Castello Sforzesco e o Arco della Pace.

Para mais informaçoes, visite www.pianocitymilano.it –  www.pianocitymilano.it/programma

Share on FacebookShare on Twitter
Copyrights © 2015-2016 www.italiaemportugues.com